As transações relacionadas a criptomoeda precisam ser relatadas sob a nova lei tributária brasileira


Ilustração de transações relacionadas a criptografia necessárias para relatar de acordo com a nova lei tributária brasileira

O Federal Revenue Board [RFB], que lida com questões tributárias no Brasil, supostamente introduziu novas leis tributárias que esclarecem a quantia que os contribuintes precisarão pagar se não puderem declarar suas transações de Bitcoin [BTC] e criptomoeda.

Especificamente, de acordo com os regulamentos originalmente formulados pela RFB em agosto deste ano, o próximo passo é a nova lei tributária de criptomoedas, segundo a qual os cidadãos brasileiros são obrigados a relatar todas as transações relacionadas a criptomoedas de acordo com a lei introduzida pela Diretiva Código 1888 em 2007 Transação. Maio deste ano.

As leis tributárias são amplamente válidas para indivíduos, empresas e corretores e abrangem atividades relacionadas a tokens digitais, compra e venda nominal, doações, trocas, depósitos, retiradas e muito mais.

Qualquer pessoa que não cumprir seu dever de enviar documentos para transações de criptomoeda será multada, com um valor que varia de 500 reais a 1500 dólares, ou de US $ 120 a US $ 360.

Já em agosto deste ano, o número de investidores que atualmente operam no mercado de criptomoedas ultrapassou a segunda maior bolsa de valores do Brasil B3, que na época oferecia conveniência a aproximadamente 800.000 clientes.

Fonte: Compilado por THECRYPTOSIGHT a partir de 0x Informações, os direitos autorais são de propriedade do autor Katelyn James e não podem ser reproduzidos sem permissão Clique para continuar lendo Rancho

Total
0
Shares
Related Posts